Semântica

Na programação, a Semântica se refere ao significado de um trecho de código — por exemplo, "que efeito tem a execução dessa linha de JavaScript?", Ou "que finalidade ou função esse elemento HTML tem" (em vez de "como ele se parece?").

Semântica em JavaScript

Em JavaScript, considere uma função que aceita um parâmetro de string e retorne um elemento <li> com essa string como seu textContent. Você precisaria examinar o código para entender o que a função fazia se fosse chamada build('Peach'), ou createLiWithContent('Peach')?

Semântica em CSS

No CSS, considere criar uma lista com elementos li representando diferentes tipos de frutas. Você saberia qual parte do DOM está sendo selecionada com div > ul > li, ou .fruits__item?

Semântica em HTML

Em HTML, por exemplo, o <h1> é um elemento semântico, que fornece o texto que envolve a representação (ou o significado) de "um cabeçalho de nível superior em sua página".

<h1>This is a top level heading</h1>

Por padrão, a maioria das folhas de estilo do agente do usuário do navegador, estilizará um <h1> com um tamanho de fonte grande para parecer um título (embora você possa estilizá-lo como quiser).

Por outro lado, você pode fazer qualquer elemento parecer um cabeçalho de nível superior. Considere o seguinte:

<span style="font-size: 32px; margin: 21px 0;">Is this a top level heading?</span>

Isso fará com que pareça um cabeçalho de nível superior, mas não tem valor semântico. Portanto, não obterá nenhum benefício extra, conforme descrito acima. Assim, é uma boa idéia usar o elemento HTML certo, para o trabalho certo.

O HTML deve ser codificado para representar a data que será preenchida e não com base em seu estilo de apresentação padrão. A apresentação (como deve ser) é de responsabilidade exclusiva do CSS.

Alguns dos benefícios de se escrever a marcação semântica:

  • Os mecanismos de pesquisa considerarão seu conteúdo como palavras-chave importantes para influenciar os rankings de pesquisa da página (see SEO)
  • Os leitores de tela podem usá-lo como uma placa de sinalização para ajudar usuários com deficiência visual a navegar em uma página
  • Encontrar blocos de código importantes é significativamente mais fácil do que procurar divs sem fim, com ou sem classes de semântica ou de nome espaçado.
  • Sugira ao desenvolvedor o tipo de dados que serão preenchidos
  • A nomeação semântica reflete a nomeação adequada do elemento/componente personalizado

Ao abordar qual marcação usar, pergunte a si mesmo: "Quais elementos melhor descrevem/representam os dados que vou preencher?" Por exemplo, é uma lista de dados? ordenado, não ordenado? é um artigo com seções e uma parte de informações relacionadas? lista as definições? é uma figura ou imagem que precisa de legenda? deve ter um cabeçalho e rodapé, além do cabeçalho e rodapé em todo o site? etc.

Elementos semânticos

Estes são alguns dos aproximadamente 100 elementos semânticos disponíveis:

Saiba mais