getter

A sintaxe de get associa uma propriedade de um objeto a uma função que será chamada quando tal propriedade é acessada.

 

Sintaxe

{get prop() { ... } }
{get [expression]() { ... } }

Parâmetros

prop
O nome da propriedade à qual a função dada será associada.
expression
A partir do ECMAScript 6, você pode também utilizar expressões para um nome computado de uma propriedade para associar à função dada.

Descrição

Às vezes é desejável que se permita acesso a uma propriedade que retorna um valor computado dinamicamente, ou você pode querer refletir o status de uma variável interna sem requerer o uso de chamadas de método explícitas. Em Javascript, isso pode ser feito com o uso de um getter. Não é possível simultaneamente ter um getter associado a uma propriedade e a mesma possuir um valor, embora seja possível usar um getter e um setter em conjunto para criar algo como uma pseudo-propriedade.

Note o seguinte quando for trabalhar com a sintaxe get:

Um getter pode ser removido usando o operador delete.

Exemplos

Definindo um getter em novos objetos em inicializadores de objetos

O exemplo abaixo irá criar a pseudo-propriedade latest para o objeto obj, que irá retornar o último item do array em log.

var log = ['test'];
var obj = {
  get latest () {
    if (log.length == 0) return undefined;
    return log[log.length - 1]
  }
}
console.log (obj.latest); // Retornará "test".

Note que a tentativa de atribuir um valor a latest não irá alterá-la.

Removendo um getter usando o operador delete

Se você quer remover um getter, você pode apenas utilizar delete.

delete obj.latest;

Definindo um getter em objetos existentes usando defineProperty

Para adicionar um getter a um objeto existente a qualquer momento, use Object.defineProperty().

var o = { a:0 }

Object.defineProperty(o, "b", { get: function () { return this.a + 1; } });

console.log(o.b) // Executa o getter, que retornará a + 1 (which is 1)

Usando uma propriedade com nome computado

Nota: Propriedades com nome computado são uma tecnologia experimenta, parte da proposta do ECMAScript 6 e não é amplamente suportada pelos navegadores ainda. O exemplo abaixo irá disparar um SyntaxError em ambientes sem suporte.

var expr = "foo";

var obj = {
  get [expr]() { return "bar"; }
};

console.log(obj.foo); // "bar"

Smart / self-overwriting / lazy getters

Getters lhe dão uma maneira de definir uma propriedade de um objeto, mas eles não calculam o valor da propriedade até que sejam acessados. Um getter defere o custo de cálculo até que o valor seja necessário e, se nunca o for, você não precisa pagar esse custo.

Uma técnica de otimização adicional para atrasar o cálculo do valor de uma propriedade e cacheá-lo para acesso futuro são os smart ou memoized getters. O valor é calculado na primeira vez que o getter é invocado, sendo então cacheado para que acessos subsequentes retornem o valor em cache sem recalculá-lo. Isso é util nas seguintes situações:

  • Se o cálculo da propriedade é caro (usa muita RAM ou CPU, cria um worker, retorna um arquivo remoto, etc).
  • Se o valor não é necessário agora. Ele será utilizado depois ou, em alguns casos, nem mesmo o será.
  • Se for utilizado, ele será acessado diversas vezes e não há necssidade de recalcular um valor que nunca será alterado, ou não deveria ser recalculado.

Isso significa que você não deveria utilizar um lazy getter para uma propriedade cujo valor você espera mudar, porque o getter nunca irá recalcular o valor.

No exemplo a seguir, o objeto tem um getter como uma propriedade própria (own property). Ao tentar obter essa propriedade que foi removida, ela será readicionada, mas implicitamente como uma propriedade comum desta vez. Finalmente, o valor será retornado.

get notifier() {
  delete this.notifier;
  return this.notifier = document.getElementById("bookmarked-notification-anchor");
},

Para o Firefox, veja também o código do módulo XPCOMUtils.jsm, que define a função defineLazyGetter().

Especificações

Especificação Status Comentário
ECMAScript 5.1 (ECMA-262)
The definition of 'Object Initializer' in that specification.
Standard Definição inicial.
ECMAScript 2015 (6th Edition, ECMA-262)
The definition of 'Method definitions' in that specification.
Standard Adicionado nomes de propriedades computadas.
ECMAScript 2016 Draft (7th Edition, ECMA-262)
The definition of 'Method definitions' in that specification.
Draft  

Compatibilidade com navegadores

Feature Chrome Firefox (Gecko) Internet Explorer Opera Safari
Suporte básico 1 2.0 (1.8.1) 9 9.5 3
Propriedades com nome computado Não suportado 34 (34) Não suportado Não suportado Não suportado
Feature Android Chrome for Android Firefox Mobile (Gecko) IE Mobile Opera Mobile Safari Mobile
Suporte básico (Yes) (Yes) 1.0 (1.8.1) (Yes) (Yes) (Yes)
Propriedades com nome computado Não suportado Não suportado 34.0 (34.0) Não suportado Não suportado Não suportado

Veja também

Etiquetas do documento e colaboradores

 Colaboradores desta página: hbarcelos
 Última atualização por: hbarcelos,