String

Sumário

O objeto global String  é um construtor para strings, ou uma sequência de caracteres.

Sintaxe

As formas literais de declaração de String  são:

'string text'
"string text"
"中文 español English हिन्दी العربية português বাংলা русский 日本語 ਪੰਜਾਬੀ 한국어"

Além da forma regular, de caracteres de impressão, caracteres especiais podem ser codificados usando a escape notation (notação com barra invertida):

Codigo Saida
\0 o  caractere NULL
\' aspas simples
\" aspas duplas
\\ barra invertida
\n nova linha
\r carriage return
\v tab vertical
\t tab
\b backspace
\f form feed
\uXXXX unicode codepoint
\xXX the Latin-1 character

Ou, usando o objeto global String diretamente:

String(thing)
new String(thing)

Parâmetros

thing
Qualquer coisa a ser convertida para uma string.

Descrição

Strings são úteis para guardar dados que podem ser representados em forma de texto. Uma das operações mais usadas nas strings é checar seu tamanho, para construir e concatená-las  usando os operadores + e +=, checando pela existência ou posição de substrings com o método indexOf , ou extrair substrings com o método substring.

Acesso à caractere

Há duas maneiras de acessar um caractere individual em uma string. A primeira é o método charAt:

return 'cat'.charAt(1); // returns "a"

A outra maneira (introduzido no ECMAScript 5) consiste em tratar a string como um objeto Array-like, onde os caráteres individuais correspondem a um índice numérico:

return 'cat'[1]; // returns "a"

Para acesso de caracteres usando uma notação de colchetes, tentando deletar ou designar um valor a estas propriedades não haverá sucesso. As propriedades envolvidas não são nem escritas ou configuráveis. (Veja Object.defineProperty para mais informações.)

Comparando strings

Desenvolvedores de C têm a função strcmp() para comparar strings. No JavaScript, basta usar o operador maior que e menor que:

var a = "a";
var b = "b";
if (a < b) // verdadeiro
  print(a + " é menor que " + b);
else if (a > b)
  print(a + " é maior que " + b);
else
  print(a + " e " + b + " são iguais.");

Um resultado similar pode ser alcançado usando o método  localeCompare herdado pelas instâncias de String.

Distinção entre String primitiva e objetos String

Note que o JavaScript distingue entre objetos String e valores de string primitivas. (O mesmo é válido para Boolean e Numbers.)

Strings literais (definidas por aspas duplas ou aspas simples) e strings retornadas da chamada da função String fora do contexto de uma função construtora (sem o uso da palavra chave new) são strings primitivas. O JavaScript converte automaticamente strings primitivas para objetos do tipo String, por isso é possível utilizar os métodos do objeto String através de strings primitivas. Em contextos onde um método é invocado de uma string primitiva ou uma propriedade é procurada, o JavaScript irá criar um objeto com a string primitiva e executar o método ou acessar a propriedade procurada.

var s_prim = "foo";
var s_obj = new String(s_prim);

console.log(typeof s_prim); // Loga "string"
console.log(typeof s_obj);  // Loga "object"

String primitivas e objetos String também dão resultados diferentes quando usado eval. Primitivas passadas para eval são tratadas como código fonte; Objetos String são tratados como todos os outros objetos são, retornando o objeto. Por exemplo:

s1 = "2 + 2";               // cria uma string primitiva
s2 = new String("2 + 2");   // cria um objeto de String
console.log(eval(s1));      // retorna o número 4
console.log(eval(s2));      // retorna a string "2 + 2"

Por estas razões, o código pode quebrar quando encontra objetos String quando espera na verdade uma string primitiva, apesar de que geralmente autores não precisam se preocupar com a distinção.

Um objeto String pode ser convertido sempre para sua contraparte primitiva com o método valueOf.

console.log(eval(s2.valueOf())); // retorna o número 4
Note: Para uma outra possível abordagem para strings em JavaScript, favor ler o artigo sobre StringView – a C-like representation of strings based on typed arrays.

Propriedades

String.prototype (en-US)
Permite a adição de propriedades a um objeto String.
Properties inherited from Function:

Métodos

String.fromCharCode()
Retorna uma string criada usando a sequência especificada de valores Unicode.
String.fromCodePoint()
Retorna uma string criada usando a sequência especificada de posições de código.
Methods inherited from Function:

Métodos genéricos de Strings

Métodos de instância String também estão disponíveis no Firefox a partir de JavaScript 1.6 (embora não faça parte dos padrões ECMAScript) no objeto String para aplicar métodos String a qualquer objeto:

var num = 15;
alert(String.replace(num, /5/, '2'));

Genéricos também estão disponíveis em métodos Array.

O seguinte é uma implementação para fornecer suporte a navegadores sem suporte:

/*globals define*/
// Assume que todos os métodos de instância String fornecidos
// já presentes (podem ser usadas implementações para este se não disponível)
(function () {
    'use strict';

    var i,
        // Nós também poderíamos construir o array de métodos com os seguintes,
        // mas o método getOwnPropertyNames() não é implementável:
        // Object.getOwnPropertyNames(String).filter(function (methodName)
        //  {return typeof String[methodName] === 'function'});
        methods = [
            'quote', 'substring', 'toLowerCase', 'toUpperCase', 'charAt',
            'charCodeAt', 'indexOf', 'lastIndexOf', 'startsWith', 'endsWith',
            'trim', 'trimLeft', 'trimRight', 'toLocaleLowerCase',
            'toLocaleUpperCase', 'localeCompare', 'match', 'search',
            'replace', 'split', 'substr', 'concat', 'slice'
        ],
        methodCount = methods.length,
        assignStringGeneric = function (methodName) {
            var method = String.prototype[methodName];
            String[methodName] = function (arg1) {
                return method.apply(arg1, Array.prototype.slice.call(arguments, 1));
            };
        };

    for (i = 0; i < methodCount; i++) {
        assignStringGeneric(methods[i]);
    }
}());

Instâncias de String

Propriedades

{{page('/pt-BR/docs/Web/JavaScript/Reference/Global_Objects/String/prototype', 'Propriedades')}}

Métodos

Métodos não relacionados ao HTML

{{page('/pt-BR/docs/Web/JavaScript/Reference/Global_Objects/String/prototype', 'Métodos_não_relacionados_ao_HTML')}}

Métodos de envoltório HTML

{{page('/pt-BR/docs/Web/JavaScript/Reference/Global_Objects/String/prototype', 'Métodos_de_envoltório_HTML')}}

Exemplos

Conversão de String

É possível usar String como uma alternativa "mais segura" toString, como embora normalmente ainda chama o toString subjacente, também funciona para nullundefined. Por exemplo:

var outputStrings = [];
for (let i = 0, n = inputValues.length; i < n; ++i) {
  outputStrings.push(String(inputValues[i]));
}

Especificações

Specification Status Comment
ECMAScript 1st Edition. Standard Definições iniciais.
ECMAScript 5.1 (ECMA-262)
The definition of 'String' in that specification.
Padrão  
ECMAScript 2015 (6th Edition, ECMA-262)
The definition of 'String' in that specification.
Padrão  

Compatibilidade com navegadores

Estamos convertendo nossos dados de compatibilidade para o formato JSON. Esta tabela de compatibilidade ainda usa o formato antigo, pois ainda não convertemos os dados que ela contém. Descubra como você pode ajudar! (en-US)

Característica Chrome Firefox (Gecko) Internet Explorer Opera Safari
Basic support 0.2 (Yes) (Yes) (Yes) (Yes)
Característica Android Chrome for Android Firefox Mobile (Gecko) IE Mobile Opera Mobile Safari Mobile
Suporte básico (Yes) (Yes) (Yes) (Yes) (Yes) (Yes)

Veja também