Introdução a objetos em Javascript

Em JavaScript, quase tudo é objeto. Desde as funcionalidades padrão, como strings e arrays, até as APIs para navegadores baseadas na linguagem. Até você pode criar seus próprios objetos. Você pode encapsular funções e variáveis relacionadas de uma forma eficiente. Os objetos agem como uma espécie de manipuladores de dados. Compreender a natureza da orientação a objetos do JavaScript é crucial para aprofundar os conhecimentos acerca da linguagem. Por isso, nós elaboramos esse módulo para auxiliá-lo. Ensinaremos a teoria de objetos em detalhes. Crie seus próprios objetos!

Antes de iniciar este módulo, você deve possuir alguma familiaridade com HTML e CSS. Se não possui, antes de continuar os estudos dos Objetos em Javascript, indicamos os módulos Introdução ao HTML e Introdução ao CSS .

Você precisa possuir também alguma familiaridade com os conceitos básicos de Javascript. Para isso indicamos o módulo Primeitos Passos: JavaScript e Blocos de Construção do JavaScript.

Nota: Se você está trabalhando em um computador/tablet/outros equipamentos , ao qual  não é possível  criar seus próprios arquivos , você pode testar (em grande parte) os nossos códigos de exemplo,  em um editor de código online , tal como o JSBin  ou o Thimble .

Guias

Objetos: O básico.
No primeiro artigo sobre objetos em Javascript, vamos analisar a sintaxe básica de objetos e rever algumas caracterísitcas. Nós já notamos, como mencionado anteriomente, que muitas funcionalidades que você já teve algum contato são, na verdade, Objetos .
JavaScript Orientado a Objetos para iniciantes
Com pelo menos o básico, agora vamos focar na Orientação a Objetos JavaScript  (OOJS) — este artigo cobre uma visão básica da teoria da Programação Orientada a Objetos (POO). Depois iremos explorar como o JavaScript emula classes de objetos via funções construtoras e como criar instâncias de objetos.
Prototipação de Objetos
Prototypes é o mecanismo pelo qual os objetos JavaScript herdam características de outros e como eles funcionam de uma forma diferente dos mecanismos de herança de linguagens de programação clássicas. Neste artigo, vamos explorar essas diferenças, explicar como a cadeia de protótipos trabalha e perceber como a propriedade prototype pode ser usada para adicionar métodos a contrutores existentes.
Herança em JavaScript
Com a parte central da OOJS já explicada, este artigo mostra como criar classes de objetos "filhos" (construtores) que herdam características das suas classes "pais". Nós daremos ainda algumas dicas sobre quando e onde você pode usar OOJS.
Trabalhando com dados JSON
JavaScript Object Notation (JSON) é um formato padronizado para representar estruturas de dados em objetos JavaScript,  que é comunmente usado para representar e transmitir dados em sites da web (i.e. enviar alguma informação do serviror para o cliente, para ser exibido na página). Neste artigo vamos mostrar o que você precisa para trabalhar com JSON usando JavaScript, inclusive acesso a itens de dados num objeto JSON. Além disso, mostraremos como criar seu próprio JSON.
Prática de Construção de Objetos
No artigo anterior, nós vimos toda a parte essencial da teoria de Objetos em JavaScript, além de detalhes de sintaxe, fornecendo assim uma base sólida para você seguir adiante. No presente artigo, vamos nos aprofundar com exercícios práticos na construção de objetos personalizados. Faremos algo divertido e colorido  — algumas bolas coloridas saltitantes!

Aprender mais...

Acrescentando funcionalidades a nossa demo de bolas saltitantes
Nesse "aprenda mais...", incentivamos você a usar a demo das bolas saltitantes do artigo anterior como ponto de partida para acrescentar algumas novas e interessantes funcionalidades.