Atualizando extensões para o Firefox 3

Este artigo proporciona informações úteis para desenvolvedores que desejam atualizar suas extensões para que funcionem corretamente no Firefox 3.

Antes de continuar, há uma sugestão útil que podemos oferecer: se a única mudança que sua extensão requere é uma atualização no campo maxVersion no seu manifesto de instalação, e você hospedou sua extensão em addons.mozilla.org, você atualmente não precisa disponibilizar uma nova versão da sua extensão! Simplesmente use o Painel de Controle de Desenvolvedores em AMO para ajustar o maxVersion. Você pode evitar de ter sua extensão re-revisada por este caminho.

1° Passo: Atualize o manifesto de instalação

O primeiro passo -- e, para muitas das extensões, o único que será necessário -- é atualizar o arquivo manifesto de instalação, install.rdf, para indicar compatibilidade com o Firefox 3.

Simplesmente ache a linha que indica a máxima versão compatível do Firefox (que, para o Firefox 2, pode indicar como aqui):

 <em:maxVersion>2.0.0.*</em:maxVersion>

Mude isto para indicar compatibilidade com o Firefox 3:

 <em:maxVersion>3.0.*</em:maxVersion>

Então reinstale sua extensão.

Note que o Firefox 3 acaba com o ".0" extra no número da versão, então, ao invés de usar "3.0.0.*", você precisa usar somente "3.0.*".

Nota: Note que neste ponto mais mudanças no Firefox 3 são esperadas. Estas mudanças podem quebrar algumas extensões, então você não precisa lançar sua extensão com 3.0.* maxVersion para os usuários antes que o Firefox 3 candidato a liberação seja lançado. Durante o período do Firefox 3 Beta, você pode usar 3.0b5 como sua maxVersion.

Tem havido (e continuará a haver) um número de mudanças na API que poderão quebrar algumas extensões. Nós estamos trabalhando na compilação de uma lista completa destas mudanças.

Nota: Se a sua extensão ainda usa um script Install.js ao invés de um manifesto de instalação, você precisa fazer a transição para um manifesto de instalação agora. O Firefox 3 não mais suporta os scripts install.js em arquivos XPI.

Adicionando localizações para o manifesto de instalação

O Firefox 3 suporta novas propriedades no manifesto de instalação para especificar descrições localizadas. Os antigos métodos ainda funcionam, entretanto o novo Firefox permite pegar as localizações sempre que os complementos estiverem desabilitados e com instalação pendente. Veja Localizar descrições de extensões para mais detalhes.

2° Passo: Assegure-se de estar oferecendo atualizações seguras

Se você está hospedando complementos por si mesmo e não em um provedor de hospedagem de complementos seguro como addons.mozilla.org então você precisa oferecer um método seguro de atualizar seu complemento. Isto poderá envolver a hospedagem das suas atualizações em um website SSL, ou usando chaves criptográficas para assinar a informação da atualização. Leia Securing Updates para mais informações.

3° Passo: Lidar com APIs mudadas

Várias APIs tiveram mudanças em caminhos significantes. As mais significantes delas, que provavelmente afetaram uma grande quantidade de extensões, são:

DOM

Nodes from external documents should be cloned using document.importNode() (or adopted using document.adoptNode()) before they can be inserted into the current document. For more on the Node.ownerDocument issues, see the W3C DOM FAQ.

Firefox doesn't currently enforce this rule (it did for a while during the development of Firefox 3, but too many sites break when this rule is enforced). We encourage Web developers to fix their code to follow this rule for improved future compatibility.

Favoritos & Histórico

Se sua extensão acessa dados dos favoritos ou do histórico de alguma maneira, ela precisará de um trabalho substancial para tornar-se compatível com o Firefox 3. As antigas APIs de acesso a estas informações foram substituidas pela nova arquitetura en:Places. Veja Migration Guide for Places para detalhes na atualização da sua extensão existente para usar a API Places.

Gerenciador de Downloads

A API do Gerenciador de Downloads mudou ligeiramente devido à transição de um RDF para armazenar dados usando a API en:Storage. Esta pode ser uma transição muito fácil de fazer. Além disso, a API de monitoramento do progesso de downloads mudou para suportar múltiplos receptores no gerenciador de downloads. Veja en:nsIDownloadManager, en:nsIDownloadProgressListener, e en:Monitoring downloads para mais informações.

Gerenciador de Senhas

Se sua extensão acessa informações do login de usuário usando o Gerenciador de Senhas, será necessário atualizá-la para usar a nova API de Gerenciamento de Login.

  • O artigo en:Using nsILoginManager inclui exemplos, incluindo uma demonstração de como escrever sua extensão para que trabalhe tanto com o Gerenciador de Senhas quanto com o Gerenciador de Login, então ela irá funcionar tanto no Firefox quanto em versões anteriores.
  • en:nsILoginInfo
  • en:nsILoginManager

Você pode também sobrepor o armazenamento do gerenciador de senhas construído se você desejar fornecer a implementação de seu próprio armazenamento de senhas nas suas extensões. Veja Criando um módulo de armazenamento de Gerenciador de Login para mais detalhes.

Popups (Menus, Menus de Contexto, Dicas e Painéis)

O sistema de Popup XUL foi bastante modificado no Firefox 3. O sistema de Popup inclui menus principais, menus de contexto e painéis popup. Um guia sobre como usar Popups foi criado, detalhando como o sistema trabalha. Uma coisa a se notar é que popup.{{mediawiki.internal(':en:XUL:Method:' + $0 + '|' + (string.trim(($1 || '')) !== '' ? web.html($1) : web.html($0)), "pt")}} (EN) foi depreciado em favor do novo popup.{{mediawiki.internal(':en:XUL:Method:' + $0 + '|' + (string.trim(($1 || '')) !== '' ? web.html($1) : web.html($0)), "pt")}} (EN) e popup.{{mediawiki.internal(':en:XUL:Method:' + $0 + '|' + (string.trim(($1 || '')) !== '' ? web.html($1) : web.html($0)), "pt")}} (EN).

Autocompletar

O método handleEnter() da interface en:nsIAutoCompleteController foi alterado para aceitar um argumento que indica quando o texto foi selecionado do popup autocompletar ou pelo usuário pressionando enter depois de digitar o texto.

DOMParser

  • Quando um é DOMParser é instanciado, ele herda o código principal dito e os documentURI e baseURI da janela de onde o construtor vier.
  • Se o chamador tiver privilégios UniversalXPConnect, ele pode passar parâmetros para new DOMParser(). Se menos de três parâmetros forem passados, os parâmetros restantes serão padronizados para null.
    • O primeiro parâmetro é o principal para uso; ele sobrepõe o padrão principal normalmente herdado.
    • O segundo parâmetro é o documentURI para uso.
    • O terceiro parâmetro é o baseURI para uso.
  • Se você inicializa um DOMParser usando um contrato, somente através de uma chamada createInstance(), e não fizer a chamada do método init() do DOMParser, tentando iniciar a operação de análise será criada automaticamente a inicialização de DOMParser com um nulo principal e apontadores null para DocumentURI e baseURI.

Interfaces removidas

As seguintes interfaces foram removidas do Gecko 1.9, que direcionam o Firefox 3. Se sua extensão faz uso de alguma destas, você precisará atualizar seu código:

  • nsIDOMPaintListener
  • nsIDOMScrollListener
  • nsIDOMMutationListener
  • nsIDOMPageTransitionListener
  • nsICloseAllWindows (see bug 386200)

4° Passo: Cheque por mudanças relevantes no chrome

Houveram menores mudanças no chrome que podem requisitar mudanças no seu código. Uma nova vbox foi adicionada, chamada "browser-bottombox", que inclui a barra de procura e a barra de estado à janela do navegador. Embora ela não afete a aparência da exibição, ela pode afetar sua extensão se ela sobrepuser o chrome em relação a estes elementos.

Por exemplo, se você anteriormente sobrepôs algum chrome antes da barra de estado, como isto:

<window id="main-window">
  <something insertbefore="status-bar" />
</window>

Você deve agora sobrepor desta maneira:

<vbox id="browser-bottombox">
  <something insertbefore="status-bar" />
</vbox>

Note: Esta mudança é efetiva para o Firefox 3 beta 4 e pré-beta 4 nightlies.

Outras mudanças

Mudanças simples adicionais que tiver de fazer enquanto atualiza sua extensão para trabalhar com o Firefox 3, aqui.

  • chrome://browser/base/utilityOverlay.js não é mais suportada por razões de segurança. Se você previamente utilizava-a, você pode mudar para chrome://browser/content/utilityOverlay.js.
  • en:nsIAboutModule implementações são agora requeridas para suportar o método getURIFlags. Veja nsIAboutModule.idl para documentação. Isto afeta extensões que provém novas URIs about:. (bug 337746)
  • O elemento tabbrowser (en-US) não é mais parte do "kit de ferramentas" (bug 339964). Isto significa que este elemento não está mais disponível para aplicações XUL e extensões. Ele continua a ser usado na janela principal do Firefox (browser.xul).
  • Mudanças em en:nsISupports proxies e possivelmente relacionado ao encadeamento de interfaces que precisam ser documentadas.
  • Se você usa instruções de processamento XML, como <?xml-stylesheet ?> em seus arquivos XUL, fique atento às mudanças feitas em bug 319654:
    1. XML PIs foram agora adicionadas a um documento XML DOM. Isto significa que document.firstChild (EN) não é mais garantida como o elemento raiz. Se você precisa pegar o documento raiz no seu script, use document.documentElement (EN) ao invés.
    2. as instruções de processamento <?xml-stylesheet ?> e <?xul-overlay ?> agora não tem efeito fora do documento prolog.
  • window.addEventListener("load", myFunc, true) não é mais ativado no carregamento de conteúdo web (carregamento de páginas no navegador). Isto foi devido ao bug 296639 que altera a maneira como as janelas internas e externas se comunicam. O simples conserto é para o uso de gBrowser.addEventListener("load", myFunc, true) como descrito aqui e trabalha no Firefox 2 muito bem.
  • content.window.getSelection() dá um objeto (que pode ser convertido para uma string por toString()) diferentemente do agora depreciado content.document.getSelection() que retorna uma string
  • event.preventBubble() foi depreciado no Firefox 2 e foi removido no Firefox 3. Use event.stopPropagation(), que funciona bem no Firefox 2.
  • Contadores que são inciados usando setTimeout() estão agora bloquados por janelas modais devido à correção para bug 52209. Você pode usar nsITimer no lugar.

Categorias

Interwiki Language Links

Document Tags and Contributors

Tags:
Contributors to this page: Sheppy, Verruckt, Leandro Mercês Xavier, fscholz
Last updated by: Sheppy,