Compilando o NSS

Houve um erro de script nesta página. Enquanto este erro é encaminhado para os editores do site, você pode ver o conteúdo parcial abaixo.

Introdução

Essa página possui informações detalhadas sobre como compilar o NSS. Porque o NSS é uma biblioteca multiplataforma que compila em muitas plataformas diferentes e possui muitas opções, pode ser complexo compilá-lo. Por favor, leia essas instruções com cuidado antes de tentar compilar.

Ambiente de compilação

Windows

  1. Obtenha os pré-requisitos
    • Compilação do NSS no Windows usa o mesmo sistema de compilação compartilhado que o Mozilla Firefox. Você deve primeiro instalar os Pré-requisitos do Windows, incluindo MozillaBuild.

Obtenha o fonte

NSS e NSPR usam Mercurial para controle de fonte, como outros projetos da Mozilla. Para obter os últimos fontes para NSS e NSPR - o que pode não ser parte de um lançamento estável - use os seguintes comandos:

hg clone https://hg.mozilla.org/projects/nspr
hg clone https://hg.mozilla.org/projects/nss

Para obter o fonte de um lançamento específico, veja Lançamentos do NSS.

Configure o ambiente

O sistema de ompilação do NSS usa uma variedade de variáveis de ambiente para controlar a compilação. Segue abaixo uma lista de variáveis, junto com valores possívels que elas pode receber. Por exemplo, no Windows, você pode querer definir OS_TARGET=WIN95.

OS_TARGET
WIN95
Compila para todas as versões suportadas do Windows. Esse é o padrão (desde NSS 3.15.4) e é a configuração recomendada.
WINNT (obsoleto)
Uma configuração alternativa, à qual não há mais suporte. (Ela usa recursos especificais como a API de fibras do Windows.)
BUILD_OPT
0
Compila uma versão de depuração (não otimizada) do NSS. Essa é a padrão.
1
Compila uma versão otimizada (não depuração) do NSS.
USE_64
0
Compila para uma ABI/um ambiente 32 bits. Esse é o padrão.
1
Compila para um ABI/um ambiente 64 bits.
USE_ASAN
0
Não cria uma compilação de AddressSanitizer. Esse é o padrão.
1
Cria uma compilação de AddressSanitizer.

Compilação

Para criar o NSS, é tão simples quanto navegar para o check-out do NSS e fazer o alvo "nss_build_all".

cd nss
make nss_build_all

Teste de unidade

NSS contendo testes de unidade extensivos. Scripts para executá-los são executados no diretório tests.  Execute a suíte padrão por:

cd nss/tests
HOST=localhost DOMSUF=localdomain ./all.sh

Substitua localhost e localdomain com o nome do host e sufixo de domínio para o seu host (os testes apenas transformam estes em "$HOST.$DOMSUF"). Se você não possui um sufixo de domínio e estiver no Windows, adicione esta linha a c:\Windows\System32\drivers\etc\hosts : 127.0.0.1 localhost.localdomain . Valide abrindo um shell de comando e digitando: ping localhost.localdomain

A saída do teste é armazenada em tests_results/security/$HOST.$NUMBER/.  O arquivo results.html resumo  os resultados, output.log captura toda a saída de teste.

Outros subdiretórios do nss/tests contêm scripts para executar um subconjunto da suíte completa.

Etiquetas do documento e colaboradores

Etiquetas: 
 Colaboradores desta página: rafaelff
 Última atualização por: rafaelff,